Neste dia 21 de abril, relembre a história de Tiradentes e da Inconfidência Mineira

No dia 21 de abril, comemora-se o Dia de Tiradentes. O feriado faz alusão à morte do mineiro Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido na história nacional como Tiradentes, o herói da Inconfidência Mineira. Vamos relembrar essa história.

Na manhã de 21 de abril de 1792, ele foi morto enforcado em praça pública, no Rio de Janeiro. De todos os envolvidos nesse movimento de conspiração contra a Coroa portuguesa, apenas Tiradentes foi executado. Seu corpo foi esquartejado e pregado em postes pelas ruas de Minas Gerais. Apesar de alguns estudiosos defenderem que essa foi uma manobra de Portugal para desmerecer o movimento da Inconfidência Mineira e dar a entender que tudo não passou de uma aventura de um “dentista desequilibrado”, ele acabaria virando herói nacional.

No século 19, o movimento republicano o elegeu como mártir cívico-religioso e antimonarquista, fazendo prosperar as pinturas que o aproximam da imagem de Cristo. O 21 de Abril se tornou feriado nacional em 1890, logo após a Proclamação da República. Sua imagem como militar patriota foi exaltada tanto pela ditadura de 1964-1985 como pelos movimentos de esquerda, que o consideravam um símbolo de rebeldia.

Inconfidência Mineira

Inconfidência Mineira, ou Conjuração Mineira, foi uma revolta, de 1789, de caráter republicano e separatista, organizada pela elite socioeconômica da capitania de Minas Gerais contra o domínio colonial português. Ela foi baseada nos ideais do Iluminismo e teve influência da Revolução Americana, que resultou na independência dos Estados Unidos.

FONTE:https://guiadoestudante.abril.com.br/estudo/qual-e-a-origem-e-o-significado-do-feriado-de-tiradentes/
COMPARTILHAR